quarta-feira, 28 de maio de 2008

El Fenômeno Mexicano



De vez em quando mudando os canais procurando por algo, vejo o clássico Chaves sendo reprisado no SBT, e toda a vez não resisto e paro para assistir as palhaçadas desta turma, mesmo sendo aquele episódio que eu já cansei de ver.

O seriado mexicano Chaves, ou El Chavo del Ocho no original (referência a Televisa canal 8, onde era produzido) é escrita e interpretada pelo humorista e dramaturgo Roberto Gómez Bolaños, o Chespirito. Chamando depois para o elenco Florinda Meza (Dona Florinda) com quem é casado até hoje, Edgar Vivar (Seu Barriga), Ramón Valdés (Seu Madruga), Rubén Aguirre (Professor Girafales), Carlos Villagrán (Quico), Maria Antonieta de lãs Nieves (Chiquinha), Angelines Fernández (Dona Clotilde) e o seu irmão Horacio Gómez Bolaños (Godines).

Detentora do recorde de tempo no ar desde sua criação, que já ultrapassa mais de três décadas, é reprisado exaustivamente em vários canais de toda a América Latina, conquistou uma legião de fãs graças ao caráter familiar do programa, contendo um humor sem apelos, com situações caricatas que explora situações do dia a dia de uma vila da periferia de uma grande cidade do México, geralmente sob a ótica do menino de rua Chaves, que mora dentro de um barril no meio da vila. Há poucos anos Roberto Gómez Bolaños produziu uma animação da turma do Chaves e também lançou livro Diário do Chaves, onde conta histórias sobre o personagem que não foram mostradas no seriado

Aqui no Brasil, o seriado teve sua estréia no SBT em 1984, dentro do programa Bozo, alternando com Chapolin. O seriado, que veio junto com um pacote de telenovelas mexicanas compradas por Silvio Santos estreou primeiramente como um teste, mas a série se tornou um sucesso absoluto, obtendo vez ou outra a maior audiência da emissora, conseguindo até mesmo vencer por várias vezes a Rede Globo. A partir de 1988 começou a ser exibido em horário nobre. Hoje em dia o seriado é exibido em três horários no SBT, as 07h00, as 12h45 e as 19h15, além de fazer muito sucesso com os boxes de DVDs lançados pela Amazona Filmes.

Depois de tanto tempo sem sair do ar, continuo vendo o programa agregar mais e mais fãs a cada geração, continuando absoluto e sem concorrentes na televisão brasileira ao que se propõe. Vida longa a turma do Chaves.

5 comentários:

Neto Morais disse...

Um fenomeno mesmo. Eu tava assistindo, num faz nem 10 minutos.
Agora uma duvida que eu tenho, e isso podia ser ate motivo pra uma postagem sua, e o pq que o SBT nao transmite mais chapolin, queria muito saber, ja pesquisei sobre isso mas num encontrei nada a respeito.

Vlw bom blog!!!

Google disse...

1984!!!!Essa eu nao sabia.
O melhor personagam que eu achava era o seu madruga,rs!!!

Jun-01 disse...

Comigo também acontece isso. Já vi o mesmo episódio várias vezes e não me enjôo das piadas. É um mistério mesmo. Vai lá saber quando vai surgir algo do gênero no mesmo nível ou até superior...

Vasco Ferraz disse...

Sempre que está passando e eu estou em casa assisto. Não perde a graça... É sensacional mesmo...

Andrei Bessa disse...

NÃO!!

não diga que ele mora dentro do barril.... se o Chaves ouve te falando isso, quebra isso que você chama de cara.... iehiehaui

pelo menos foi isso que ele disse para o Quico em um episódio que ele pergunta se o garoto de rua mora dentro do barril...

na verdade ele mora na casa numero 8 (por isso é Chavo Del Ocho), que nuuunca apareceu em toda a série.... no livro "Diário do Chaves" ele narra como chegou na vila (recomendo a leitura, tem na internet de graça, mas o livro em si eh muito barato, melhor comprar, se for um fã mesmo)....


pois é, pois é, pois é....