domingo, 13 de julho de 2008

Nós Somos as Lendas!



Ao assistir ao DVD de Eu Sou a Lenda na última sexta, percebi uma curiosidade que irá agradar principalmente aos fãs de quadrinhos. Como a trama do filme se passa no ano de 2012, o pessoal da Warner teve que imaginar os filmes que estariam em cartaz naquele período, e eis que surge no início do filme, precisamente aos 8 minutos e 16 segundos de projeção um enorme cartaz na destruída Times Square, do que seria um suposto filme de Superman vs. Batman.

Claro que a brincadeira só foi possível por se tratar de um filme da Warner, que detém os direitos sobre os heróis da DC Comics. Porém, até que ponto podemos ter certeza de que se trata de uma brincadeira, sendo que este é um projeto que há anos ronda os estúdios da Warner, muito antes das novas encarnações dos heróis nos cinemas em Batman Begins e Superman Returns. O projeto já quase ganhou a luz do dia pelas mãos do diretor alemão Wolfgang Petersen, de Mar em Fúria e Tróia. Agora com a possível adaptação de Liga da Justiça para os cinemas, parece que o projeto ainda vai ficar engavetado por um bom tempo, sorte de Will Smith que teve a oportunidade de conferir o futuro longa. E falando em Will...

Voltando ao Filme

Já falei da curiosidade que queria, então agora vamos falar um pouco sobre a trama de Eu Sou a Lenda certo? Pois bem, a Warner que já detém os direitos do livro de Richard Matheson desde a décade de 70, quase chegou a realizar o filme nos anos 90, com Ridley Scott como diretor e Arnold Schwarzenegger como protagonista, mas o orçamento estourou e o projeto esfriou. Até que Will Smith, na condição de maior astro de Hollywood na atualidade reacendeu o projeto trazendo Fracis Lawrence, de Constantine, para a cadeira de diretor.

Na trama toda a população de Nova York foi dizimada por um vírus letal, que a princípio serviria para a cura do câncer. Robert Neville (Will Smith), um brilhante cientista solitário na imensa metróle, é imune ao vírus e tenta encontrar outros sobreviventes ao mesmo tempo em que busca um antídoto. O filme ainda conta com a brasileira Alice Braga no elenco.

Will segura muito bem sozinho, acompanhando apenas de um pastor alemão o primeiro ato do filme, prova de que o ator tem carisma a ponto de segurar um blockbuster praticamente sozinho e arrebentar nas bilhetarias. No segundo ato temos a revelação da verdadeira ameaça do filme, o que o deixa um pouco mais movimentado. E chegamos ao ato final sem que o filme se torne cansativo ou alongado demais. A participação de Alice Braga é pequena, porém fundamental para a resolução da trama.

Agora já estou pronto para conferir o novo trabalho de Will que já está nos cinemas, Hancock, para depois comentar aqui. Até lá...

7 comentários:

mariana disse...

eu não gostei muuuuito do filme não, mas esse detalhe que você percebeu, praticamente uma mensagem subliminar de cantinho de filme, é muito legal !
já estou louca para assistir o batman novo ! imagina um batman superman ?! legal !

Felithy disse...

Poxa, eu não gostei do trailer deste filme achei ele muito cliche, agora ja o batmam curti muito



Abraço

Thais disse...

eu vi esse filme
ele é muito bom
e esse batman vs ... será que sai em 2012

J.B disse...

Show sua Critica do filme, achei o filme bem interessante e um pouco frustrante em alguns aspectos, quanto a curiosidade já ouvi comentários também, nessa história de que existe um projeto de Batmam e Super homem duelarem ou estarem juntos para salvação do mundo!kkkkkkkkkkk

seria interessante, mesmo eu não sendo tão fã de filmes de super heroi...

Raphael Rickes disse...

Eu sinceramente esperava mais do filme mais cada um com sua visão.
Parabéns pelo blog!
\0/

Conquistadores (Didixy) disse...

Então não gostei tanto do filme Eu sou a Lenda, mas é legal.

Agora sobre Hancock, eu gostei muito. Recomendo.

Danielle Ribeiro disse...

Ai gente,Will é lindo de qualquer jeito!Adoro todos os filmes dele.Esse ainda não vi não sei por quê?rs
Mas tenho certeza que deve ser ótimo também!
Lembra do Conselheiro Amoroso?
Gatinho né?rsrs
bjs! ;)