quarta-feira, 18 de junho de 2008

Série TV Aberta - Parte 1: SBT



Nesta série, falarei sobre os erros e acertos sob minha ótica, das maiores emissoras privadas VHF do país no cenário atual, isto inclui Globo, Record, Rede TV!, Gazeta, Band e SBT, que é a emissora que começo falando hoje.

Começo pelo SBT por sempre ter tido uma certa simpatia com a emissora de Silvio Santos. Desde os tempos do palhaço Bozo e os desenhos animados clássicos. E este é um fator predominante que me fez pegar tal simpatia pela emissora, o espaço sem economia dedicado a programação infantil. Em minha infância, o SBT começava sua jornada infantil as 06h00 com Sessão Desenho, apresentado pela Vovó Mafalda e terminava lá pelas 13h00 com o já clássico Chaves. Falando em Chaves, este foi um achado e tanto quando foi firmado parceria com um canal mexicano. Do méxico também veio o fenômeno infantil Carrossel, novelinha que fez muito sucesso por aqui, gerando vários produtos licenciados na época.

No início do século XXI, após a parceria do SBT com a Warner e a Disney, os novos desenhos e seriados chegavam cada vez mais cedo na TV aberta. Séries como Smallville, O.C., Família Soprano e Alias, e desenhos como Batman – The Animated Series, Timão e Pumba, Liga da Justiça e X-Men Evolution fizeram a festa dos fãs que não possuem TV a cabo, como eu, claro. Mas se por um lado o canal acertou em trazer estas atrações o quanto antes até nós, errou feio cada vez que mudou os tais programas de horário, ou simplesmente tirou-os do ar sem nenhuma explicação, não dando uma continuidade a série para que pudéssemos acompanhar dignamente. Certas atrações se transformavam em verdadeiros “tapa-buracos” da programação. Com tais parcerias o SBT também ganhou em qualidade de filmes, superando em alguns anos o catálogo de filmes da Globo, mas como sempre vem o erro. Quando certo filme tinha muita audiência, e geralmente era algum exemplar de Steven Seagal, Ice Cube e afins, repetia exaustivamente, deixando alguns filmes inéditos muito bons na fila de espera.

Hoje em dia a rede continua investindo muito em programação infantil, dando início as 07h00 com Chaves (olha ele aí de novo) e fechando o ciclo as 14h15 com Eu, a Patroa e as Crianças. É o horário que o canal mais respeita os telespectadores, mantendo por um bom tempo suas atrações. Mas para variar, com as séries (e são muitas e de qualidade) a emissora do Seu Silvio continua pisando muito na bola, transmitindo todas elas no meio da madrugada todos os dias. A única série que continua com seu horário de origem, mesmo não tendo sido sempre assim, é Smallville ao 12h00 do domingo. Com os filmes não é diferente, é só olhar na programação desta semana, e não preciso dizer mais nada.

Pois é, na minha opinião a influência de Silvio Santos em todos os setores da empresa continua prejudicando muito a evolução da emissora, que já perdeu o posto de “eterna vice-líder” para a Record. É hora de deixar a programação a cargo de um profissional especializado, e manter um mínimo de padrão na grade para que possamos realmente acompanhar alguma coisa no canal. É galera, quem não tem TV a cabo, como eu, é que sabe o quanto temos que aturar o desejo do Seu Silvio em sempre mudar alguma coisinha na grade de sua programação. Mas fazer o quê, ele pode né...

5 comentários:

Bruno Monin disse...

Então, em questão de grade infantil o SBT sempre foi muito bom, lembro-me da Vovó Mafalda, adorava Disney Club e todos os desenhos, séries cheguei a ver algumas, mas o que realmente deixa a desejar é essa grade que nunca se estabiliza. Fora as encrencas que o patrão arruma com seus empregados artistas. Foi-se o tempo em que o SBT era bom, agora a bola da vez no segundo lugar é a Record, que vem conquistando cada vez mais espaço, mas ainda não consigo engolir essa nova novela, Mutantes se não me engano. Não tem cópia mais descarada de Heroes do que essa novelinha. Uma coisa eu sempre digo, se a Record gastasse o mesmo como gasta em publicidade para seus programas e novelas, eles seriam de um padrão Globo, que ainda vai demorar muito para qualquer emissora bater. Falem bem ou falem mal, a Globo supera.

LI-VERISSIMO disse...

ÓTIMO TEXTO.
PARECE MESMO É QUE O SBT PERDEU O RUMO. ISSO É LAMENTÁVEL.

Laurennn disse...

Pois é... não assisto muita televisão, normalmente acompanho as séries, só que fica realmente difícil assistir de madrugada, aposto que se eles colocassem em um horário mais acessível iria aumentar a audiência. Ultimamente o que estou vendo de televisão é só o Eu, a patroa e as crianças, que é muito bom por sinal e faz um tempinho que ta passando no msm horário!

Té mais

Zé Xereca disse...

to aqui marcando minha presença... gostei do conteúdo do blog.. voltarei mais vezes =)

luizscalercio disse...

cara prbns seu blog muito criativo
nt 10